Pilates para bailarinos


Pilates é um método de baixo impacto, ou seja, um exercício que trabalha para fortalecer e alongar os músculos sem adicionar volume ao corpo e sem prejudicar as articulações. O método envolve uma série de movimentos de resistência suave, fortalecendo os músculos abdominais internos e aumentando a flexibilidade.

Pilates trabalha com o ritmo da respiração, treinando a mente e tonificando o corpo. Embora qualquer pessoa possa praticar Pilates para a melhoria da sua saúde global, os bailarinos têm experimentado os benefícios desta modalidade ao longo de décadas.
Quando Joseph Pilates abriu o seu primeiro estúdio, este era frequentado quase exclusivamente por bailarinos devido à capacidade do método criar corpos alongados, magros e definidos.

A dança é a arte de movimentar o corpo com um determinado ritmo, através de uma cadência de movimentos com uma harmonia própria. É a arte de mover o corpo segundo uma relação entre o tempo e o espaço, estabelecida devido a um ritmo e a uma composição coreográfica, onde existem regras para que saia tudo perfeito. Exige também agilidade, compromisso e dedicação.
Os bailarinos praticam durante muitas horas causando um desgaste excepcional nas articulações e músculos. As lesões nos bailarinos são bastante comuns e o Pilates ajuda a prevenir as mesmas e a recuperar delas.
Pilates é particularmente benéfico para os bailarinos, uma vez que fortalece os músculos abdominais internos e cria uma forma corporal aerodinâmica. Com o desenvolvimento do “core”, minimiza-se a tensão na parte posterior do corpo e evitam-se lesões. A natureza fluida do Pilates promove a economia de movimentos e é facilmente incorporada no treino dos bailarinos com um conjunto de exercícios que beneficiam corpo e mente. 

O Pilates favorece dançarinos de todos os níveis e tipos de dança. A prática regular da modalidade garante o aumento de força em todo o corpo e muita flexibilidade para melhorar as suas habilidades na dança. Fortalece também o “core” para um melhor controlo dos movimentos.
Para além disso, é um excelente método de treino para corrigir a postura, melhorar o alinhamento corporal, ajudar nos movimentos de torção e rotação e fortalecer áreas específicas do corpo, nomeadamente ancas, tornozelos e pés.
Enviar um comentário